Além de produtos e serviços existentes, empresas poderão apresentar as demandas de produtos inovadores e fazer parcerias com indústrias para o desenvolvimento

Na próxima quarta-feira (29) será realizada em Londrina uma rodada de negócios específica para o setor da saúde. A rodada acontece por uma iniciativa do Sebrae/PR, com apoio do grupo Salus. Dezenas de indústrias de Londrina e Região terão a oportunidade de entrar em contato com 15 compradores do setor da saúde, como Hospitais, Clínicas, Laboratórios e Secretaria de Saúde, para negociar diversos produtos já existentes, como equipamentos, softwares, móveis, materiais descartáveis, produtos para limpeza, uniformes, entre outros; e também para atender demandas de novos produtos inovadores, conforme as necessidades apresentadas pelos compradores.

Um dos compradores a participar da rodada será o Hospital do Câncer de Londrina. De acordo com o administrador-geral do Hospital, Edmilson da Silva, a expectativa com a rodada é positiva. “Vamos ter empresas daqui apresentando seus produtos, serviços, ferramentas e insumos que para nós são fundamentais. Somente em roupas descartáveis por exemplo, temos um gasto anual de R$ 500 mil. Então vamos aproveitar a rodada para negociar, não só este, como vários produtos”, explica.

Silva também pretende apresentar, durante a rodada, as demandas de novos produtos que podem ser desenvolvidos em parceria com indústrias de Londrina e Região. “Vemos exemplos de outros hospitais que vêm desenvolvendo produtos inovadores e até mesmo vendendo, como o Hospital Erasto Gaertner, de Curitiba, que também é um Hospital Oncológico. Então existe essa possibilidade pois é um cenário muito promissor e queremos buscar parcerias para o desenvolvimento dessas inovações”, comenta.

Na outra ponta, a indústria PZL, que atua com inovações e tecnologias, irá participar da rodada como vendedor. Já há 32 anos no mercado, a PZL irá apresentar aos compradores dois equipamentos desenvolvidos nos últimos anos. Um deles é o Fleboscópio, aparelho utilizado para visualizar varizes profundas. A empresa foi a pioneira no Brasil a desenvolver o produto. De acordo com a sócia-diretora, Lucia Francovig Piazzalunga, além de levar os equipamentos já existentes, a empresa também está aberta a receber demandas de novos produtos.

“A PZL sempre esteve voltada para a inovação. Fomos, por exemplo, pioneiros no Brasil para a criação do crioscópio (equipamento que determina o ponto de congelamento do leite) para laticínios e cooperativas. E entramos na área da saúde, na área médica, porque é uma área muito promissora e que tem muitas demandas de inovação. Queremos mostrar para as empresas do setor que elas podem fazer pedidos especiais de produtos novos, que temos condições de atendê-los em inovação”, considera.

Movimentando a economia

Para o presidente do grupo Salus – Saúde Londrina União Setorial, João Santilli, a rodada deve movimentar a economia do setor. “A expectativa com a rodada é bastante grande, vamos colocar em contato fornecedores e consumidores locais área da saúde. E nem sempre os consumidores daqui compram destes fornecedores. Então, aumentando o consumo de materiais produzidos aqui vamos consolidar ainda mais o setor da saúde, movimentando a economia local. A indústria vai estar mais forte e este contato pode gerar novos negócios, novos produtos e com isso vamos seguir com a nossa meta de fortalecer Londrina como Polo de Saúde”.

A consultora do Sebrae, Simone Shavarski, também acredita que a Rodada de Negócios será um ambiente propício para a que as empresas do setor da saúde de Londrina conheçam o potencial da região e façam bons negócios locais. “É uma oportunidade de negociação que não se encerra na rodada. Além disso, as possibilidades em inovação são inúmeras, uma vez que as empresas do setor têm demandas de produtos inovadores e que a indústria da região tem plenas condições de desenvolver”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *