Além de Londrina, no Paraná apenas Curitiba é considerado um centro de cirurgia da cardiopatia congênita, ou cirurgia cardíaca infantil. “A especialidade não tem muitos centros devido à necessidade não só de cirurgião, mas de equipe treinada e equipamentos que não existem em todos os lugares”, explica Gualter Pinheiro Junior, um dos cirurgiões cardíacos que fazem esse tipo de procedimento em Londrina.

Desde 1999, foram realizadas cerca de 1.800 cirurgias cardíacas infantis na cidade. Crianças de todo o Paraná e até de outros estados vêm para o procedimento, que hoje é realizado no Hospital do Coração da Bela Suíça e no Hospital Infantil pelo SUS.

“A cada 100 crianças que nascem, uma tem cardiopatia congênita”, observa Luiz Takeshi, cirurgião cardíaco que também atua na área. “Estima-se que 65% delas não recebam o tratamento adequado pela falta de estrutura. Para determinadas cardiopatias, o diagnóstico e a cirurgia têm que ser feitos o quanto antes.”(M.F.C.)

 

Imagem: Fábio Alcover

Legenda: Gualter Pinheiro Junior e Luiz Takeshi, cirurgiões cardíacos: pacientes de várias regiões vêm para o procedimento, disponibilizado pelo SUS

Reportagem da Folha de Londrina em 10/12/2016

Fonte: http://www.folhadelondrina.com.br/folha-mais/centro-de-cirurgia-cardiaca-infantil-964991.html

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *