Iniciativa, do Sebrae/PR, visa qualificar as empresas que atuam na saúde privada com a utilização das ferramentas de gestão e melhores práticas empresariais, visando uma melhor performance do negócio

O Sebrae/PR, com apoio do Grupo SALUS – Saúde Londrina União Setorial, apresentou nesta quinta-feira, dia 9 de junho, em Londrina, o Programa Saúde Mais.  O foco da ação é a promoção da gestão empresarial nas empresas de saúde privada. O Programa, que inicia neste mês de junho, propõe um trabalho a longo prazo (terá a duração de dois anos e meio) e será composto por consultorias individuais e capacitações coletivas, que irão proporcionar o compartilhamento de experiências entre os participantes.

O objetivo da iniciativa é qualificar as empresas do setor de serviços, por meio da melhoria dos processos de gestão, para torna-las mais competitivas. Durante a apresentação do Programa, o especialista Luiz Alberto de Moraes Araujo citou um levantamento que mostra que apenas 11% das empresas do setor de saúde e farmácia se preocupam com gestão. “Até quando vamos tratar as empresas desse segmento de forma empírica? Mesmo que seja um empreendimento pequeno, como um consultório, merece ser tratado como uma empresa”, alerta Araujo.

Segundo ele, a gestão empresarial pode ser definida como um emaranhado de ferramentas, que muitas vezes se transforma em uma colcha de retalhos para os profissionais da saúde, que saem da universidade com conhecimento técnico para exercer a profissão, mas sem noções de administração para abrir o próprio negócio.

 O Programa Saúde Mais foi concebido justamente para auxiliar os empreendedores a organizarem as ferramentas de gestão para que alcancem resultados efetivos e a lucratividade. “O Programa segue os parâmetros do Modelo de Excelência em Gestão (MEG), uma metodologia composta por ferramentas e práticas que ajudam a empresa a atingir o nível de excelência em gestão”, explica.

O MEG foi desenvolvido em parceria com a Fundação da Qualidade (FNQ) – com expertise no desenvolvimento de ferramentas para melhorar a gestão nas grandes empresas – e utiliza oito critérios para facilitar a adoção de um sistema de qualidade em gestão nos negócios de pequeno porte: clientes; sociedade; liderança; estratégias; plano de ação; pessoas; processos; informações e conhecimento;  e resultados.

A fisioterapeuta Aline Cardoso já participou de outros programas do Sebrae/PR na área da saúde que utilizam a metodologia como referência e recomenda que todos os profissionais da saúde façam a inscrição no Saúde Mais para melhorar a gestão do negócio.  “As capacitações abrem a cabeça e aprendemos a lidar com os clientes, a encontrar novos e a manter os antigos. Também recebemos auxílio para organizar os processos, montar um plano de ação e a prever de metas. Nós já conseguimos implantar reuniões com as secretárias, para melhorar o atendimento inicial aos clientes, organizar os exames dos pacientes e criar um manual de procedimentos para a clínica. O próximo passo é a inscrição no Saúde Mais para fazer novas mudanças, que serão necessárias com a transferência do endereço do empreendimento, para um espaço mais amplo”, conta.

Programa

De acordo com a consultora do Sebrae/PR e gestora do projeto na área da saúde, Simone Millan, o Saúde Mais será dividido em três ciclos: clientes, processos e pessoas e indicadores e resultados. “Até 2018, vamos ajudar os empreendedores  a olharem para o negócio com uma visão empresarial, por meio da profissionalização da gestão. Até os consultórios pequenos devem ser encarados como uma empresa, que precisa ter um retorno financeiro, daí a importância da gestão. Optamos por trabalhar ao lado dos profissionais da saúde por um período mais longo para que as empresas consigam dar conta das atividades”, destaca Simone.

Ela acrescenta que o Programa traz muitas vantagens para as empresas participantes: reorganização da  gestão; aumento da satisfação dos clientes; proporciona uma visão sistêmica organizacional; e formação de colaboradores mais motivados e envolvidos com a empresa.

Outro benefício do Saúde Mais é a orientação dos consultores na elaboração de projetos para concorrer ao edital do Sebraetec – Serviços em Inovação e Tecnologia, que já está aberto. Os empresários de micro e pequenas empresas que faturam até R$ 3,6 milhões por ano podem recorrer ao Sebraetec, para execução de projetos nas áreas de processos produtivos, tecnologia, design, embalagens, eficiência energética, e-commerce e resíduos. O Sebraetec é uma iniciativa do Sebrae Nacional realizada pelo Sebrae/PR no Estado. O programa oferece subsídio financeiro não reembolsável de até 50% para micro e pequenas empresas.

“Os empreendedores da saúde poderão utilizar os recursos do Sebraetec para colocar em prática algumas melhorias que serão apresentadas durante o Programa, como o investimento no layout das empresas para atrair mais clientes, por exemplo”, orienta Simone Millan.

Ciclos

No primeiro ciclo, que acontece em 2016 e irá focar nos clientes, os participantes receberão atendimento individual nas seguintes etapas: diagnóstico; plano de ação; devolutiva; paciente oculto; e consultoria de acompanhamento. Eles também terão acesso a workshops que irão debater temas como: a importância dos processos e indicadores que compõem o MEG; planejamento estratégico; atendimento aos clientes do setor de saúde; plano de marketing; e  internet e mídias digitais.

No segundo ciclo, que inicia em 2017 e irá trabalhar nos critérios processos e pessoas, haverá consultorias e acompanhamento, além de workshops sobre liderança, visual merchandising; layout/fluxo de trabalho; manual de integração e plano de capacitação; organograma e desenhos de cargos, certificação e controle e acompanhamento de processos.

No terceiro ciclo, que será em 2018, os participantes irão aprender sobre indicadores e resultados. Nesta etapa, vão passar por consultoria de acompanhamento; diagnóstico; e devolutiva. Já os workshops vão abordar assuntos como: finanças; sustentabilidade e sociedade; e análise dos indicadores e resultados propostos pelo MEG. No último ciclo também está prevista palestra de encerramento e premiação para as empresas que alcançaram melhor desempenho durante o Programa. As inscrições para o Programa Saúde Mais já estão abertas e podem ser feitas pelo telefone: (43) 3373-8000.

Grupo SALUS

O Grupo SALUS é formado pela Associação Médica de Londrina e Indese, Sebrae/PR, Sindicatos dos Hospitais e Estabelecimentos da Saúde de Londrina e Região (Sinheslor) e dos Laboratórios e Clínicas do Paraná (Alapar), UEL, Unopar, Associação Odontológica, Adetec, Laboratório Oswaldo Cruz, e os hospitais da Irmandade da Santa Casa, São Rafael, HU, Araucária, Hospital do Câncer e o Evangélico de Londrina.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *